Desde sua introdução pela Amazon em 2014, a Alexa se tornou uma presença familiar em muitos lares. Mas com essa familiaridade vem uma pergunta incômoda: Será que a Alexa nos ouve o tempo todo? Para responder a essa pergunta, especialistas têm se debruçado sobre o assunto.

Um estudo recente sobre a confidencialidade do ecossistema de alto-falantes inteligentes da empresa, realizado pela Universidade de Washington, pela Universidade da Califórnia e pela Universidade de Northeastern, dá o alarme sobre o manuseio dos dados pessoais dos usuários. Com milhões e milhões de pessoas em todo o mundo usando o sistema, há motivos para preocupação. Em maio de 2023, a empresa foi multada em US$ 25 milhões pela FTC.

Como a Alexa funciona

A Alexa, assim como outros alto-falantes inteligentes, como o Google Nest e o Apple HomePod, foi projetada para estar sempre ouvindo, pronta para responder aos nossos comandos. Esses dispositivos estão constantemente à procura da palavra-chave. Basta dizer Alexa, e o alto-falante conectado estará pronto para processar sua solicitação.

Echo Pop – ©2024, Amazon.com Inc.

Os registros de consulta são mantidos?

Sim, são.
Cada interação com a Alexa é registrada, vinculada à conta do usuário e armazenada em um banco de dados da Amazon. Esses dados são usados para melhorar os serviços e, em alguns casos, para direcionar publicidade.

Essa prática é semelhante ao rastreamento de seu histórico tradicional de navegação na Web. Seu histórico de compras na plataforma também é retido.
No entanto, a Alexa é capaz de fornecer muito mais do que apenas um registro de nossas atividades na Internet. Essa assistente oferece uma visão muito mais precisa e pessoal de nossas vidas íntimas. Informações que seriam impossíveis de obter em uma lista de compras on-line.

De acordo com o estudo que mencionamos, os corretores de dados e anunciantes estão dispostos a pagar muito mais pelos dados coletados pela Alexa.

A Amazon compartilha muitos dados da Alexa com terceiros

O assistente de voz da Amazon, Alexa, cresceu exponencialmente em termos de funcionalidade graças às Skills. Esses aplicativos ampliam seus recursos. Essas habilidades estão disponíveis na Amazon Alexa Skills Store, onde os usuários podem navegar e adicionar ao seu dispositivo Alexa mais de 200.000 habilidades desenvolvidas por terceiros.

Echo Pop – ©2024, Amazon.com Inc.

Embora essas habilidades tenham ampliado os horizontes e os serviços que a Alexa pode prestar, elas também suscitam preocupações com a privacidade.
A Amazon definiu diretrizes rígidas sobre os dados que essas habilidades de terceiros podem acessar. Por exemplo, elas não têm permissão para coletar informações altamente confidenciais, como seu número de seguro nacional ou detalhes bancários. Além disso, para acessar informações pessoais, como seu e-mail, número de telefone ou localização, essas habilidades devem solicitar permissão explicitamente.

No entanto, um documento de pesquisa de 2022 destacou que, apesar do progresso significativo em relação à privacidade, ainda há brechas. Muitos desenvolvedores de terceiros não cumprem sistematicamente essas regras ou as contornam. Além disso, os dados, bem como outras interações com a Alexa, são frequentemente (re)compartilhados com outras entidades de terceiros, sem monitoramento ou controle da Amazon ou do usuário.

Política de privacidade da Alexa

A política de privacidade da Alexa da Amazon foi atualizada várias vezes desde seu lançamento.

Embora a Amazon permita que os usuários excluam seus registros, é responsabilidade do usuário fazer isso manualmente.

Aqui estão alguns trechos extraídos diretamente das Perguntas frequentes da Alexa:

Posso revisar e excluir minhas gravações de voz da Alexa?

Sim, você pode revisar as gravações de voz da Alexa associadas à sua conta da Amazon e excluir as gravações de voz. Você também pode optar por não salvar suas gravações de voz da Alexa, e a Amazon excluirá automaticamente suas gravações de voz após processar suas solicitações.

O que acontece quando eu excluo minhas gravações de voz da Alexa?

Quando você excluir as gravações de voz da Alexa associadas à sua conta, a Amazon excluirá da nuvem as gravações de voz que você selecionou e as transcrições de texto dessas gravações. Se você optar por não salvar suas gravações de voz da Alexa, as transcrições de texto de suas solicitações serão mantidas por 30 dias, após os quais serão automaticamente excluídas.

Posso optar por não enviar minhas gravações de voz para a Cloud?

Nos dispositivos compatíveis, você pode ativar a opção “Não enviar gravações de voz”, para que o áudio de suas solicitações à Alexa seja processado no dispositivo e não seja enviado para a Cloud.

Em conclusão

Os alto-falantes conectados estão derrubando parte da barreira entre o que acontece em nossas casas e o que fazemos na Internet. Os dispositivos da Amazon Alexa são, sem dúvida, peças incríveis de tecnologia que podem trazer um nível de conveniência e diversão para nossas vidas que seria coisa de ficção científica há apenas alguns anos.

Existem alternativas mais favoráveis à privacidade, mas elas não são tão comuns em seu uso quanto um alto-falante Echo equipado com a Alexa. Uma dessas alternativas é o Mycroft, um assistente de voz em linguagem natural Open Source projetado para ser executado em dispositivos baseados em Linux.

Enquanto aguardamos soluções ou uma política regulatória melhor, mantenha-se informado e cauteloso sobre como usar a Alexa. Reserve um tempo para limpar regularmente seu histórico, instale o mínimo possível de habilidades ou descubra o máximo que puder com antecedência e ative as configurações de segurança.

Mateus Sousa da Silva
Mateus Sousa da Silva

Especialista em tecnologia e proteção de dados, com expertise em cibersegurança e jornalismo digital. Apaixonado por direitos digitais e privacidade online, oferece insights relevantes sobre as tendências tecnológicas atuais.