Depois de suspender temporariamente o recurso de divisão de túneis em seus aplicativos Windows após a descoberta de um problema que afetava o gerenciamento seguro de solicitações de DNS ao usar esse recurso, a ExpressVPN acaba de anunciar seu retorno. A empresa não demorou muito para corrigir o problema. O split tunneling já está disponível novamente.

Melhorias técnicas e correções de bugs

O split tunneling permite que os usuários escolham quais aplicativos devem passar pela VPN e quais podem se conectar diretamente à Internet.
A suspensão temporária do split tunneling permitiu que a ExpressVPN se concentrasse na identificação e correção de problemas com consultas de DNS que poderiam comprometer a confidencialidade dos usuários.

Graças à experiência de seus engenheiros e à colaboração com especialistas em segurança da comunidade, incluindo Attila Tomaschek da CNET, a ExpressVPN desenvolveu uma grande atualização para seu aplicativo VPN para Windows (versões 12.74.0 e 10.51.0).

Essa atualização introduz uma lógica de filtragem avançada e melhorias técnicas específicas para garantir que todas as solicitações de DNS sejam devidamente protegidas e direcionadas por meio dos servidores dedicados da ExpressVPN, mesmo quando o túnel dividido estiver ativado.

Um lembrete: Compromisso contínuo com a segurança on-line e a comunidade

Ao convidar ativamente a comunidade para participar de programas de teste beta e oferecer recompensas por relatar vulnerabilidades por meio de seu programa Bug Bounty, a ExpressVPN continua a melhorar a qualidade e a segurança de seus serviços.

O retorno da divisão de túneis para os usuários do Windows é uma coisa boa, pois esse é um recurso realmente útil.

Lucas Ribeiro Almeida
Lucas Ribeiro Almeida

Expert em VPN e segurança digital, revelando os segredos das redes privadas virtuais para uma navegação segura e privada.